Sexta é dia de quê? Post inclusivo! Fiquei tão contente com a repercussão do meu post sobre casa adaptada aqui no blog (se você não leu, clique aqui) que resolvi trazer mais um pouquinho desse mundo tão comum a mim, mas tão desconhecido para a maioria das pessoas.

Hoje vou falar de um assunto que muita gente me questiona: a atividade física. As pessoas têm uma ideia errada sobre o que é ser Portador de Necessidades Especiais, e acham que por ter alguma limitação estamos fadados a depender de terceiros para o resto de nossas vidas. Bem, deixa eu lhe contar um segredinho: não é bem assim que as coisas funcionam! Podemos fazer de tudo, desde que tenhamos as devidas condições e o auxílio necessário.

Como prova do que estou dizendo, resolvi listar para vocês 5 benefícios da atividade física para um Portador de Necessidades Especiais e também 5 esportes adequados para cada tipo de limitação. Vem ver:

CONTINUE LENDO



Hoje o blog comemora seu 1º mêsversário, e embora ainda seja pouco eu não poderia deixar a data passar despercebida. Por isso, o post de hoje - apesar de curtinho - é feito especialmente para agradecer a vocês, meus leitores e seguidores lindos! Por todo apoio e carinho que têm demonstrado por mim e pelo meu trabalho nesse pouco tempo de blogosfera.

Gratidão é pouco, perto do que sinto toda vez que leio os comentários cheios de amor e incentivo. Seja no blog, na página ou nas minhas redes sociais. Vocês são demais.

Obrigada! Que esse seja apenas o começo de muitas histórias e experiências a serem compartilhadas. 




Demorou algum tempo mas aprendi que o tempo não cura tudo. Algumas feridas para cicatrizarem dependem de nós, da nossa força de vontade em deixar partir aquilo que não nos faz bem. Não culpe o tempo por suas escolhas erradas e pelas consequências que elas te trouxeram.

Não culpe o tempo por aquilo que você perdeu ou pelo que deixou de ganhar. Mas seja grato, sempre, pela oportunidade que lhe foi, e é concedida todos os dias.

Oportunidade de ser diferente, de fazer diferente e de ser melhor para si e para o próximo. Dê mais atenção ao que lhe faz bem, e lhe arranque uma risada profunda e sincera. Passe mais tempo com quem você ama, e diga isso à ele (a).

Demorou algum tempo mas eu aprendi que embora justo e gentil, o tempo pode sim, ser cruel quando lhe é de direito e nos ensinar da pior maneira a dar valor ao que temos aqui e agora.

Por isso, reclame menos, ame mais. Julgue menos, perdoe mais. Seja paciente e não se fruste quando algo der errado. Apenas lembre-se que tudo tem seu tempo, e que ele cura quase tudo.



Hoje compartilho com vocês uma novidade que descobri lá no blog da Leeh Miranda, o Eu, blogueira! by Foroni um site muito amorzinho, feito especialmente para ajudar quem está dando os primeiros passos na blogosfera.



Antes de sair navegando pelo site você precisa criar uma conta - vinculada ao facebook - e responder a um pequeno questionário, a partir das suas respostas, o site irá selecionar uma personagem para você.

Cada nicho possui uma personagem diferente e isso varia de acordo com a resposta do usuário. A minha é a Mika. Ela é uma fofa, não? *-*.

CONTINUE LENDO




Um dos clássicos mais famosos da Disney fará sua estréia em live action no próximo dia 16 de Março. Seguindo o sucesso de produções como  Alice no País das Maravilhas, Alice Através do Espelho, Cinderela e Mogli, agora é a vez de A Bela e a Fera ganhar vida nas telonas.

Então para já irem se preparando que tal conhecer uma nova versão da obra? Apresento à vocês La Belle et La Bête, um filme franco-alemão baseado no homônimo de Gabrielle-Suzanne Barbot. Gravado na França, o longa foi dirigido por Christope Gans - que também foi quem escreveu a trama- e teve sua estréia no ano de 2014.

CONTINUE LENDO



Eu não sei vocês, mas com todo esse calor que anda fazendo ultimamente só tenho pensado em uma coisa: me livrar das madeixas longas. Uma decisão bem dolorosa e delicada para mulheres que como eu, ostentam - e gostam - do cabelão. Mas, mesmo com toda a indecisão que assombra minha vida, andei pesquisando despretenciosamente no pinterest algumas inspirações (nunca se sabe quando vou precisar né?) e resolvi compartilhar aqui no blog hoje. Vamos ver?

CONTINUE LENDO



Existe coisa mais cara de domingo que uma boa pipoca e um filminho? No post de hoje eu trouxe uma indicação maravilhosa para quem vai passar o dia em casa curtindo aquela preguicinha: O filme Sete Minutos Depois da Meia Noite do diretor Juan Antonio Bayona

★★★★★ | Sete Minutos Depois da Meia Noite | Juan Antonio Bayona

Sinopse:

Conor é um garoto de 13 anos que vive na Inglaterra com sua mãe que passa por um duro tratamento para se curar de uma forte doença. Sendo assim, Conor acaba cuidando de sua vida, sendo um garoto solitário que sofre bullying na escola, mas que sempre se isola do mundo. Certo dia, Conor recebe a visita de um monstro gigante feito de uma árvore. O monstro diz a Conor que retornará para lhe contar 3 histórias, e depois Conor contará a quarta, e esta história será a verdade. Porém, as vivências com o monstro são muito mais influentes na vida de Conor do que ele pensa e, a verdade, pode ser mais dura do que toda a vida.

CONTINUE LENDO



Hoje resolvi falar de um assunto bem diferente aqui no blog: acessibilidade aplicada em casa. Como tornar a vida de um PNE (Portador de Necessidades Especiais) um pouco menos complicada no ambiente familiar? 

Não é muito comum vermos blogs falando sobre isso - a menos que seja um blog voltado para o tema como é o caso do Casa Adaptada por exemplo - mas, acho que toda informação é válida e deve ser compartilhada, uma vez que essa é uma dúvida faz parte da realidade de muita gente, incluindo a minha. (vale ressaltar que, por PNE, me refiro à  todas as pessoas com algum tipo de limitação. Seja ela qual for).

Uma das minhas maiores vontades na vida é ter um cantinho para chamar de meu, planejado todinho para mim, do jeitinho que eu imagino. Mas, sei que isso exige muito trabalho e empenho, principalmente se considerarmos o fato de que além de ser do jeitinho que eu quero, ele precisará atender as minhas necessidades e facilitar minha rotina diária.

Pensando nisso, vira e mexe pesquiso imagens e ideias inspiradoras internet a fora. E vou falar, encontro cada uma mais linda que a outra, e mesmo que não fosse uma PNE investiria sem medo.

CONTINUE LENDO



Sim, eu dei uma sumidinha nessa semana de carnaval, mas já estou de volta e cheia de novidades para contar. Aproveitei o feriadão para além de curtir a família e os amigos, preparar conteúdo novo para o blog e claro, fazer algo que já não fazia há algum tempo: colocar a leitura em dia.

Para aqueles que não sabem, eu sou uma completa apaixonada por livros, e sempre que posso procuro encaixar a leitura na minha rotina, uma tarefa que se tornou bem difícil especialmente no último ano da faculdade onde eu me dividia entre o temido TCC, as pilhas de artigos e o pouquíssimo tempo livre. - ao qual eu usava obviamente tentando colocar meu sono em dia -

Foi exatamente nesse período que comecei a ler Os Sete, livro do autor brasileiro André Vianco. Apresentado a mim através do livro O Senhor da Chuva, ambos presente do meu namorado que é grande fã do autor e que acabou fazendo com que eu me tornasse uma também.

Como já devem imaginar, devido a minha rotina louca (mesmo depois de me formar), a leitura demorou mais do que eu gostaria e só agora consegui planejar e preparar algo a respeito. Então, sem mais delongas, vamos a resenha!

CONTINUE LENDO